Reunião sobre a municipalização de duas escolas de Três Corações

A equipe da Secretaria Municipal de Educação esteve na última quinta-feira, 02 de junho, na Câmara Municipal de Três Corações para participar de uma reunião pública referente à municipalização de duas escolas estaduais do município: E.E Clóvis Salgado (municipalização parcial) e E.E Monsenhor José Guimarães (total).
 
O Secretário Municipal de Educação, Prof. Paulo Rogério Naback, explicou aos presentes que no início do ano recebeu a notícia sobre a possível municipalização das escolas e que, inicialmente, também houve uma grande preocupação de sua parte frente aos impactos que causaria. Mas, através de estudos junto ao Prof. João Paulo de Oliveira Silva, Superintendente da Regional de Ensino de Varginha, analisou-se toda parte estrutural que envolve o Projeto “Mãos Dadas”, verificando que não há prejuízos aos professores e alunos. Apesar disso, deixou claro que a administração está aberta ao debate e diálogo para que o melhor seja feito.
 
Em seguida, os vereadores abriram a palavra ao Prof. João Paulo, Superintendente, para trazer as informações necessárias sobre a municipalização e também tirar dúvidas da população. O representante do Governo de Minas começou reforçando que o objetivo não é prejudicar o município, mas sim oferecer um suporte financeiro para que a municipalização aconteça, uma vez que essa situação já está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e vai ocorrer de qualquer maneira, ou seja, agora ou daqui alguns anos. Inclusive, algumas escolas de Três Corações já passaram pela municipalização, gradativamente.
 
O Prof. João Paulo colocou que a diferença da municipalização, caso aconteça nesse período, é o aporte financeiro do Estado que direcionará o valor de R$7 milhões de reais, em 3 parcelas, para a construção de uma escola e uma creche, que por determinação do Prefeito Nadico serão instaladas no bairro Nova Três Corações, que tanto necessita. Além disso, todos os recursos já recebidos pelas escolas estaduais, que totalizam R$ 3 milhões de reais, seriam repassados ao município. Os prédios das escolas e também os mobiliários seriam doados para a cidade. Para ser aprovada essa mudança e, consequente, construir a escola e creche na Nova Três Corações é necessária a aprovação da Câmara Municipal. Vale ressaltar que se isso não acontecer no tempo previsto, no caso até 2023, não há como assegurar todos os recursos nos próximos anos.
 
Após os pronunciamentos, a Câmara possibilitou que os cidadãos, previamente, inscritos como, por exemplo, pais e também o diretor da Escola Clóvis Salgado, usassem a tribuna para expor as respectivas opiniões. Além disso, os vereadores também aproveitaram para tirar mais dúvidas junto ao Superintendente, ressaltando que o debate continuará nos próximos dias.
 
reunião 2
 
Três Corações, 06 de Junho de 2022
SECOM - Prefeitura de Três Corações

Compartilhe esta notícia no Facebook

Submit to Facebook
DMC Firewall is a Joomla Security extension!